Mostrando postagens com marcador ESPECIAIS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ESPECIAIS. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 17 de julho de 2017

GEORGE A. ROMERO (1940-2017) R.I.P. Mestre!

Imitado, copiado e parodiado, Romero foi com certeza um mestre do Terror e inventor dos "Zumbis Mortos-vivos". Ficou registrado em meu blogue o carinho e predileção por duas grandes obras-primas suas:  A Noite dos Mortos-vivos (1968) e O Despertar dos Mortos (1978). O cara era, além de tudo, especializado em Desenho, Pintura e Arte Dramática. Aos quatorze anos fez um filme em 8mm que recebeu um prêmio, chama-se "Earthbotton" (1956). Além de, entre outras coisas, ser ator nas horas vagas começando no Teatro em Pittsburg quando também era Diretor e Cenógrafo. Fundou uma companhia de filmes publicitários, a Filmmakers até obter a aclamação pelo filme que mudou a face do horror, em 1968! E não existe um cult-movie mais importante do que Night of the Living Dead


Nos anos de 1970 passou a trabalhar na televisão, onde produziu e fez reportagens sobre esportes, política e comerciais. Ao lado do produtor Richard P. Rubinstein fundou, em 1974, o Laurel Group, produtora especializada em produção, distribuição e montagem. Sua filmografia não carece apenas de Zumbis, o mestre idealizou outros exemplares como as antologias de Creepshow e Tales from the Darkside






E eis que uma das grandes lendas do conário cinematográfico nos deixou . Morreu enquanto ouvia a trilha musical de seu filme predileto; Depois do Vendaval - The Quiet Man - (John Ford, 1952). Esteve acompanhado de pessoas amadas e queridas, além de uma legião de fãs, como eu. É um acalento saber que o mestre morreu pacificamente em seu sono mais profundo. Obrigado, Romero, por sua dedicação e amor pelo cinema. Um legado que persistiu e que continuará. O teste do tempo é sábio e ressonante a quem merece ser contemplado.








GEORGE A. ROMERO 

Obra como diretor:
1954- The Man from The Meteor
1955 - Gorilla/Earthbottom 
1958- Curly/Slant 
1962- finalizado em 1965 - Expostulations
1968 - A Noite dos Mortos-vivos (Night of the Living Dead - Refilmado em 1990 - Direção: Tom Savini)
1972- There´s Always Vanilla
1973- Hungry Wives ou Jack´s Wife ou também Season of the Witch/ Exército do Extermínio (The Crazies - Refilmado em 2010 - "A Epidemia" - Direção: Breck Eisner)
1973-74 - The Winners (Doc.)
1974- O. J. Simpson Juice on the Loose (Doc. TV)
1976 - Magic at the Roxy (TV)
1977 - Martin
1978 - O Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead - Refilmado em 2004 -  "Madrugada dos Mortos" - Direção: Zack Snyder)
1981 - Cavaleiros de Aço (Knightriders)
1983- Creepshow: Show de Horrores 
1985 - Dia dos Mortos (Day of the Dead)
1988 - Instinto Fatal ou Comando Assassino (Monkey Shines)
1990 - Dois Olhos Satânicos- Co- direção: Dario Argento - Seguimento: "O Caso do Senhor Valdemar" - Due Occhi Diabolici)
1993- A Metade Negra - Baseado no livro de Stephen King (The Dark Half)
2000- Vingança sem Rosto ou A Máscara do Terror (Bruiser)
2005 - Terra dos Mortos (Land of the Dead)
2007 - Diário dos Mortos (Diary of the Dead)
2009 - A Ilha dos Mortos (Survival of the Dead)





Continue lendo >>

sábado, 24 de dezembro de 2016

ESPECIAL ANUAL: LISTAS

FILMES E SERIADOS DE 2016

É chegada a hora de fazer a tão tradicional lista de melhores e piores do ano. Foram muitas obras audiovisuais ao longo de 2016. Um ano difícil, mas na qual o escapismo da sétima arte sempre se faz presente e necessário. Foi um ano também de muitas alegrias, afinal, sempre existe o lado bom da vida (sem trocadilhos com a fita de David O. Russell). Desta vez resolvi incluir também algumas séries, seja feita originalmente para a televisão ou streaming. É bom ressaltar que muitos dos filmes que poderiam constar na lista só não estão pelo fato de não ter tido tempo para conferi-los, o que é claro, não seja também uma justificativa. Talvez poderia ter apreciado (ou odiado) o novo filme do Woody Allen, Café Society, ou até mesmo o coreano "Invasão Zumbi", um gênero pelo qual tenho predileção.

Felizmente, a lista é abrangente  com os melhores e não com os piores. Não existe preferência se um filme é o primeiro listado e o outro o último. É apenas uma lista constando uma revisão geral do que assisti. Filmes e séries que me chamaram mais atenção pelos seus próprios motivos. Algumas surpresas, decepções, expectativas cumpridas e até mesmo descumpridas. Então, vamos lá?

Continue lendo >>

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Os Piores Filmes de 2015

Agora, aqui vai os Framboesas merecedores da ruindade. Os filmes mais medíocres e vergonhosos deste agitado 2 0 1 5 .... 

Foram eleitos 20 FILMES  e os 5 primeiros ganharam a categoria "Odiáveis". Ou seja, nem sequer 1 estrelinha receberam. E, sim,  LUA NOVA (à la Crepúsculo). Fazer o quê? Há momentos em que bate aquele arrependimento de ter pegado um cineminha naquele dia....


Continue lendo >>

Filmes Top de 2015

2 0 1 5  foi um ano interessante e os lançamentos, em sua totalidade, não me decepcionaram. Aqui vai a minha lista com os 30 FILMES de minha preferência em ordem decrescente. Obviamente, há títulos na qual acredito cegamente, mereciam estar na lista. Mas, os que constam aqui são os filmes que realmente obtive oportunidade (e tempo) para assistir neste agitado Dois mil e quinze.  

Na lista também inclui joias do ano passado, mas que somente estrearam por aqui no começo deste ano. Portanto, considero válidos para listarem nesta categoria vigente. 

Os vencedores foram os 5 primeiros!  :))))  
Um ótimo final de ano, leitor.  E que venha 2016!!!!!  

Continue lendo >>

domingo, 28 de dezembro de 2014

OS MELHORES FILMES DO ANO

2 0 1 4 foi um ano de grandes perdas e várias surpresas. Um ano, como todos os outros, na qual passei grande parte do meu tempo (nunca ocioso que fique bem claro!) numa sala de cinema. Eis a minha lista. Porém, é claro, faltou assistir há vários filmes recomendados. Portanto, não posso listar aquelas fitas que fiquei devendo, mas posso listar os meus prediletos. Filmes de vários gêneros, aliás, adoro essa diversidade cinematográfica. São pequenas produções e também de grandes estúdios. E é claro, sempre de várias nacionalidades. Lembrando que uma lista é sempre pessoal e tenho predileção de selecionar uma média de 20 filmes...


1.     Ela (Her, Spike Jonze)



Jonze que há tempos não fazia um filme realiza algo tão original e surpreendente que fui obrigado a colocá-lo no topo. Joaquin Phoenix na melhor interpretação de sua carreira - somente "O Mestre" é comparável - e creio que também o aguardado "Vício Inerente" que já vem por aí... 

2.    Relatos Selvagens (Relatos Salvajes, Damián Szifron)



Dramédia. Humor negro. Violência. Um filme episódico imperdível com um elenco afiado e direção primorosa. E o que mais eu posso dizer de um roteiro tão ousado e original? É o cinema argentino numa co-produção espanhola com produção de AlmodóvarÉ para se preparar porque tudo pode acontecer!

Continue lendo >>

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

THE ROCKY HORROR PICTURE SHOW


SEXY E BIZARRA TRANSGRESSÃO SEXUAL


OUTUBRO DAS BRUXAS 2ª TEMPORADA


CINE TRASH

6
Casal inocente parte em uma viagem, mas quando o carro enguiça no meio de uma noite chuvosa, acabam parando em um estranho castelo com o intuito de serem socorridos, mas eles não sabem que o local é habitado por figuras bizarras e exóticas que se dedicam a viver na libido.

Continue lendo >>

domingo, 30 de outubro de 2011

SESSÃO TRAILER CR - THRILLER

O FÊNOMENO MUSICAL

OUTUBRO DAS BRUXAS

Uma noite no cinema se transforma em um verdadeiro pesadelo quando Michael e sua namorada são atacados por zumbis sedentos de sangue. Dirigido por John Landis (Um Lobisomem Americano em Londres)




Continue lendo >>

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

HARRY POTTER™ | SAGA

De Bruxo e Trouxa todo mundo tem um pouco


As aventuras de um menino, Harry Potter, que descobre que é filho de Bruxos e parte para grandes aventuras na escola de magia e bruxaria de Hogwarts. Baseado nos volumes literários de J. K. ROWLING.

Continue lendo >>

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

PERFIL DE CINEASTAS | NICHOLAS RAY (1911-1979)

O Blog: Grupo de Cinema Clássico dirigido pela blogueira CARLA MARINHO é um canal para conhecer diversos blogs que tratam do período de ouro da sétima arte.

Conheçam este lindo trabalho clicando aqui

O especial da semana deu a proposta de todo blogueiro membro do grupo, em seu estilo particular, fazer um post centenário chamado de "DIA D" de três estrelas do cinema que nasceram há 100 anos! São eles:

Robert Taylor (05/08/1911) - Lucille Ball (06/08/1911) -
Nicholas Ray
(07/08/1911)

Resolvi fazer um post sobre o diretor Nicholas Ray na sessão PERFIL DE CINEASTAS que já estava precisando ser exibido aqui novamente. Bom, vamos lá...

No dia 07 de agosto há 100 anos nascia o cineasta NICHOLAS RAY, diretor de clássicos que todo cinéfilo gosta como: JUVENTUDE TRANSVIADA(1955), um marco do cinema que transformou JAMES DEAN em um ícone e a moda “Dean Jeans” pegou! Ou fitas como DELÍRIO DE LOUCURA (1956), o meu filme favorito dele, com JAMES MASON e BARBARA RUSH. Também era ator nas horas vagas e sua última aparição foi interpretando um general asqueroso no musical HAIR (1979 – de MILOS FORMAN).

Decerto, depois dos franceses foi a vez de Nicholas Ray ser descoberto pelos americanos, ou melhor, redescoberto. Eu gosto de sua obra que prova um exímio artesão, e que em alguns trabalhos como Juventude Transviada, começou a apresentar um toque mais autoral que vai além da técnica, às vezes bitolada, de dirigir um filme. Ray era um figura carismática, um sedutor e reza a lenda que namorou a própria NATALIE WOOD nos bastidores de Juventude. Certo que ele teve um romance com sua estrela GLORIA GRAHAME. Enfim. Revendo alguns de seus filmes como Juventude (o mais conhecido) ou mesmo Delírio, no seu formato original em Widescreen dá para constatar a habilidade que o saudoso cineasta tinha em enquadrá-los, ainda mais em um período onde o sistema de tela “Scope” ainda era muito recente. Nisso acho que Ray foi pioneiro, até mesmo antes de Hitchcock ou John Huston. Mas sua reputação não fica apenas a espreita do filme – sua obra tão vasta- e sim de sua rebeldia (ele entendia muito bem os anseios de seus personagens antológicos de Juventude) do que propriamente sua obra. Que de qualquer forma pode parecer irregular em alguns filmes, mas tudo é defensável. Também acho que nem o seu silêncio afastando-se do cinema durante dez anos diminuiu o ardor da crítica francesa.Para o CAHIERS Du CINEMA, Godard e Truffaut, JOHNNY GUITTAR continuou a ser uma obra-prima (ainda prefiro Juventude em comparação) e Ray o exemplo nato a ser seguido. O diretor nasceu em Wisconsin, ganhou bolsa para a Universidade de Chicago escrevendo programas radiofônicos. Também estudou arquitetura com Frank Lloyd Wright e foi ator na companhia de ELIA KAZAN. A sua primeira grande oportunidade foi dada por John Houseman, para quem trabalhou no Teatro e o deixou dirigir o clássico de 1948 – em parte um filme bom- AMARGA ESPERANÇA com FARLEY GRANGER (das fitas de Hitch – ROPE e PACTO SINISTRO) e co-estrelado também por CARTHY O´DONELL. A fita o deixou por algum tempo na RkO.

Ficou casado com a atriz GLORIA GRAHAME entre 1948 a 1952, unindo-se depois a outra estrela, ELIZABETH UTEY – que fez “A Bela do Bas-Fond”. Ray também fazia trabalhos inacabados, como a fita de Sterberg. MACAO, de 1951. Retornou à atividade, no começo da década de 70, já bem debilitado. Lecionou Cinema na Universidade e no mesmo período levou o seu filme recente coletivo, fruto deste trabalho como professor, para Cannes. Em 1975, casou-se com Susan Schwartz. No final da vida, com problemas de alcoolismo e câncer no pulmão, seus projetos foram sendo cancelados – até planejava fazer um filme sobre o Vietnã.
Adorei suas pontas como ator, já velhinho. Primeiro em “Hair”, como um general do exército que tem que destruir um alto falante, e no filme do cineasta alemão WIM WENDERS: O AMIGO AMERICANO (1977). Foi também com Wenders – que se tornou amigo pessoal e profundo admirador – que tentou realizar LIGHTINING OVER WATER, uma obra originalmente de ficção que acabou se tornando um documentário sobre a morte de Ray, com entrevistas dele e comentários sobre o roteiro do projeto original. Revendo-se sua obra, mesmo com algumas fitas aborrecidas, pode-se dizer que Nicholas Ray foi realmente um diretor talentoso, mas um gênio, nunca.




FILMOGRAFIA:
1948 - AMARGA ESPERANÇA ( THEY LIVE BY NIGHT);
1948 – A VIDA ÍNTIMA DE UMA MULHER ( A WOMAN´S SECRET);
1949 – O CRIME NÃO COMPENSA (KNOCK ON ANY DOOR. Estrelando: Bogart e John Derek);
1950 – NO SILÊNCIO DA NOITE ( IN A LONELY PLACE. Estrelando Bogart e Gloria Grahame);
1950 – ALMA SEM SUPLÍCIO ( BORN TO BE BAD. Um bom filme estrelado por: JOAN FONTAINE);
1951 – HORIZONTE DE GLÓRIAS ( FLYING LEATHERNECKS. Estrelando: JOHN WAYNE)
1951 – CINZAS QUE QUEIMAN ( ON DANGEROUS GROUND);
1952 – PAIXÃO DE BRAVO ( THE LUST MEN);
1954 – JOHNNY GUITAR (IDEM. Considerado sua obra-prima. Estrelando: JOAN CRAWFORD e STERLING HAYDEN);
1955 – FOR A DAS GRADES ( RUN FOR COVER);
1955 – JUVENTUDE TRANSVIADA ( REBEL WITHOUT A CAUSE. Certamente seu filme mais popular: JAMES DEAN, NATALIE WOOD e SAL MINEO);
1955 – SANGUE ARDENTE ( HOT BLOOD);
1956 – DELÍRIO DE LOUCURA (BIGGER THAN LIFE. Ótimo!
Com: JAMES MASON e BARBARA RUSH);
1956 – QUEM FOI JESSE JAMES? ( THE TRUE STORY OF JESSE JAMES);
1956 – AMARGO TRIUNFO (BITTER VICTORY);
1958 – JORNADA TÉTRICA (WIND ACROSS THE EVERGLADES);
1958 – A BELA DO BAS-FOND (PARTY GIRL);
1960 – SANGUE SOBRE A NEVE (THE SAVAGE INNOCENTS);
1961 – REI DOS REIS (KING OF KINGS);
1963 - 55 DIAS EM PEQUIM ( 55 DAYS AT PEKING.
Estrelando: CHARLTON HESTON e AVA GARDNER);
1974 – “WET DREAMS”:
1976 – “WE CAN´T GO HOME AGAIN ( Rodado com seus alunos na Universidade de Binghamton em Nova York. Filme coletivo);
1978 –“MARCO” – Curta-metragem e
1980 – “LIGHTING OVER WATER” – Documentário.
FOI ATOR EM:

LAÇOS HUMANOS [ A TREE GROWS IN BROOKLYN] (1945) DE ELIA KAZAN;
- JUVENTUDE TRANSVIADA, 55 DIAS EM PEQUIM, WET DREAMS (Seguimento: “ The janitor”) e WE CAN´T GO HOME AGAIN;
O AMIGO AMERICANO [ DER AMERIKANISCHE FREUND ] (1977) DE WIM WENDERS e
HAIR (1979) DE MILOS FORMAN


Continue lendo >>

sábado, 7 de maio de 2011

NIVER DO BLOG

Apagando as luzes porque antes da sessão começar o ₢ irá apagar as velinhas!!! Quem diria que já se passaram 3 anos?

Pois é caros amigos e leitores cinéfilos, quero compartilhar com todos vocês o aniversário do blog. No dia 7 de maio de 2008 eis a primeira sessão. Esta festa é nossa, afinal, é esta plateia maravilhosa que me faz continuar na direção deste projetor. Obrigado! Nunca pensei que este hobby iria tão longe. Grande abraço.

RODRIGO MENDES


Na tela... 
os sucessos que passaram aqui no Cinema Rodrigo com ingresso especial e gratuito.

SESSÕES ESPECIAIS ₢AVATAR 
FRANKENSTEIN 
LARANJA MECÂNICA

Valeuuuuuuu!

Continue lendo >>

sábado, 9 de abril de 2011

PERFIL DE CINEASTAS | SIDNEY LUMET (1924-2011)

Foi um grande diretor americano. Uma das primeiras revelações da nova geração de cineastas surgidos da televisão ao vivo onde foi um dos nomes mais importantes.

Ex-ator infantil, foi consagrado imediatamente com sua estréia no Cinema, adaptando um teleplay: DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA,até hoje a mais bem sucedida experiência no gênero. Desde então, sua carreira foi muito irregular (o que não atrapalha a sua consagração). Porém, algumas decepcionantes adaptações de peças famosas (PANORAMA VISTO DA PONTE, por exemplo), de best-sellers como O GRUPO, de melodramas como O ENCONTRO. Em compensação, quando acerta, Lumet conseguia fazer obras inquietantes, como o seu LIMITE DE SEGURANÇA, uma espécie de DOUTOR FANTÁSTICO levado a sério. Também obras como: O HOMEM PREGO (revolucionário com os seus flashbacks rápidos e nas sequências em câmera lenta, que influenciaram depois milhares de comercias de TV) e A COLINA DOS HOMENS PERDIDOS, um filme seco, árido e com a melhor interpretação da carreira de SEAN CONNERY, diga-se de passagem. Depois de outra fase infeliz – onde seus filmes nem chegaram a ser lançados comercialmente no Brasil -, Lumet voltou à crista do sucesso com O GOLPE DE JOHN ANDERSON, que foi uma boa variação em filme de roubo, SERPICO (meu predileto) ,e principalmente, UM DIA DE CÃO.Mas a irregularidade prosseguiu como norma: adaptações teatrais como ARMADILHA MORTAL e fracassos colossais como GARBO TALKS! E ocasionais sucessos como O VEREDITO, outra fita boa. Continuou fiel a seus princípios, sempre rodando em Nova York, sempre ensaiando durante duas semanas com atores e o fotógrafo (procurando trocá-los a cada projeto). A Conclusão: um cineasta a serviço de textos e atores, nunca um autor no aspecto literal, mas técnico. Um artesão.
Escreveu em 1995 (na qual esta postagem se baseia) um excelente livro didático e autobiográfico: “MAKING MOVIES".Em 2001, pela primeira vez em muitos anos, produziu e dirigiu uma série de TV, 100 CENTRE STREET, com ALAN ARKIN e LaTANYA RICHARDSON, procurando a originalidade. Ao fim da carreira (E DEPOIS DE UM OSCAR HONORÁRIO EM 2005) assinou obras ótimas como ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO.

_____
FILMES:

1957- DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA – *HENRY FONDA
1958- QUANDO O ESPETÁCULO TERMINA –* HENRY FONDA
1959- MULHER DAQUELA ESPÉCIE – *SOPHIA LOREN
1960- VIDAS EM FUGA - *ANNA MAGNANI, MARLON BRANDO
1961- PANORAMA VISTO DA PONTE - *RAF VALLONE
1962- UM LONGO DIA DE VIAGEM DENTRO DA NOITE- *KATHARINE HEPBURN
1964- LIMITE SE SEGURANÇA- *HENRY FONDA, WALTER MATTHAU
1965- O HOMEM DO PREGO- *ROD STEIGER
/////A COLINA DOS HOMENS PERDIDOS - *SEAN CONNERY
1966- O GRUPO - *SHIRLEY KNIGHT, CANDICE BERGEN
1967- CHAMADA PARA UM MORTO - *JAMES MASON
1968- A GAIVOTA - *VANESSA REDGRAVE
///// GROTESCA DESPEDIDA - *GEORGE SEGAL
1970- KING A DOCUMENTARY – co-direção de JOSEPH L. MANKIEWICZ
///// BRUTALIDADE DESENFREADA - *JAMES COBURN
1971- O GOLPE DE JOHN ANDERSON - *SEAN CONNERY
1973- SERPICO - *AL PACINO
//// ATÉ OS DEUSES ERRAM - *SEAN CONNERY
//// CHILD´S PLAY - *JAMES MASON
1974- LOVIN´MOLLY - *ANTHONY PERKINS
///// ASSASSINATO NO ORIENTE EXPRESSO – BASEADO EM AGATHA CHRISTIE *INGRID BERGMAN E GRANDE ELENCO
1975- UM DIA DE CÃO - *AL PACINO, JOHN CASALE
1976- REDE DE INTRIGAS - *WILLIAM HOLDEN, FAYE DUNAWAY
//// EQUUS - *RICHARD BURTON
1978- O MÁGICO INESQUECÍVEL (VERSÃO NEGRA MUSICAL DE O MÁGICO DE OZ) - *DIANA ROOS, MICHAEL JACKSON
1980- DIGA-ME O QUE VOCÊ QUER - *ALI McGRAW
1981- PRÍNCIPE DA CIDADE – *TREAT WILLIAMS
1982- ARMADILHA MORTAL - *MICHAEL CAINE, CHRISTOPHER REEVE
//// O VEREDITO - *PAUL NEWMAN, JAMES MASON
1983- DANIEL - *TIMOTHY HUTTON
1984- FALA GARBO! - *ANNE BANCROFT
1986- POWER - *GENE HACKMAN, RICHARD GERE
//// A MANHÃ SEGUINTE - *JANE FONDA, JEFF BRIDGES
1988- RUNNING ON EMPTY - *RIVER PHOENIX
1989- NEGÓCIOS DE FAMÍLIA - *SEAN CONNERY, DUSTIN HOFFMAN
1990- Q & A: SEM LEI, SEM JUSTIÇA - *NICK NOLTE
1992- UMA ESTRANHA ENTRE NÓS - *MELANIE GRIFFITH
1993- CULPADO COMO PECADO - *REBBECA DE MORNAY
1996- SOMBRAS DA LEI - *RICHARD DREYFUSS, ANDY GARCIA
1998- O IMPACIENTE - *ANNE BANCROFT, JAMES SPADER
1999- GLÓRIA, A MULHER (REFILMAGEM) - *SHARON STONE, CATHY MORIARTY
2000- THE BEAUTIFUL MRS. SEINDENMANN – (PROJETO [TV] INCOMPLETO)
2001-2002 – 100 CENTRE STREET (SÉRIE DE TV) *ALAN ARKIN
2004- STRIP SEARCH (TELEFILME) - *KEN LEUNG, MAGGIE GYLLENHAAL
//// RACHEL, QUAND DU SEIGNEUR (CURTA-METRAGEM)
2006 FIND ME GUILTY - *VIN DIESEL
2007 – ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO - *ALBERT FINNEY, PHILLIP SEYMOUR HOFFMAN, ETHAN HAWKE e MARISA TOMEI
_____

Continue lendo >>

terça-feira, 5 de abril de 2011

O SENHOR DOS ANÉIS™| DE J.R.R.TOLKIEN E PETER JACKSON

“Um anel para todos governar..."

A saga do menor vilão do cinema

A irmandade do anel embarca em uma perigosa jornada para destruir o Um Anel e acabar com o reinado do Senhor Das Trevas Sauron sobre a Terra Média.

Continue lendo >>

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

VIDA LONGA E PRÓSPERA


ESPECIAL 
JORNADA NAS ESTRELAS 
STAR TREK

Um post especial escrito originalmente em 2009. Vale a pena exibi-lo novamente no Cinema Rodrigo uma EDIÇÃO REVISITADA. Como um adorador de ficção científica, acho a série de TV original "Jornada Nas Estrelas" um cult revolucionário do gênero e que se manteve em vários formatos audiovisuais
.

São eles os filmes originais da série JORNADA NAS ESTRELAS [STAR TREK]:


  JORNADA NAS ESTRELAS - O FILME

  JORNADA NAS ESTRELAS II
  A IRA DE KHAN

  JORNADA NAS ESTRELAS III
  À PROCURA DE SPOCK

  JORNADA NAS ESTRELAS IV
  A VOLTA PARA CASA

  JORNADA NAS ESTRELAS V
  A ÚLTIMA FRONTEIRA

  JORNANA NAS ESTRELAS VI
A TERRA DESCONHECIDA

Continue lendo >>

domingo, 15 de agosto de 2010

CINE MONSTRO CAP. III : A ANARQUIA DO CINEMA TERROR


I- INTRODUÇÃO:
Estou revisitando as fitas de terror e dentre a lista: Halloween de John Carpenter; Bad Taste- Náusea Total e Braindead - Fome Animal de Perter Jackson; The Evil Dead: A Morte do Demônio - A Trilogia de Sam Raimi; Scream - Pânico (trilogia) de Wes Craven e os avôs clássicos da Universal: Drácula, Frankenstein, A Múmia, O Homem Invisível etc.

Continue lendo >>

quarta-feira, 14 de julho de 2010

domingo, 13 de junho de 2010

CINE MONSTRO CAP.2 'UNIVERSAL STUDIOS'


Alguém se lembra daquele meu especial sobre os Monstros do cinema? Bom esta nas TAGS - ESPECIAIS.
A segunda parte aborda a era de ouro da Universal Pictures que entre os anos de 1930 e 1940, foi o estúdio responsável em consagrar para as massas, os filmes de terror com os monstros.

Continue lendo >>

domingo, 30 de maio de 2010

DENNIS HOPPER | SEM DESTINO


DENNIS HOPPER E O SEU FILME DE ESTRADA

Admiro e até postumamente, a carreira deste ator, mesmo em filmes horríveis e trash como O MASACRE DA SERRA ELÉTRICA PARTE 2 de Tobe Hopper ou até o blockbuster VELOCIDADE MÁXIMA, de Jan DeBont, que como vilão é popularmente reconhecido.

Continue lendo >>

quinta-feira, 27 de maio de 2010

OFÍCIO DE EDITOR

O Cinema Rodrigo apresenta os últimos trabalhos de edição e pós - produção da (muito em breve) saudosa Universidade UNISA. Curso de Rádio e TV.

Uma chamada do filme Brilho Eterno de Um Mente Sem Lembranças do ótimo diretor Michel Gondry e uma montagem divertida de vários filmes, editando o texto, criando uma nova narrativa, cujo título é: O Crime e a Punição, uma história de amor única, rs!

Sem muito o que dizer...
hope you guys enjoyed it.

E quero agradecer aos amigos da facul Flávia Rocha, Francisca " Fran" Siebra e Marcos Bortolato. Foi divertido.. ha ha ha ha!


CHAMADA BRILHO ETERNO... PODEM RIR DA MINHA LOCUÇÃO, RS!


*

"O CRIME E A PUNIÇÃO". PASSANDO A TESOURA EM VÁRIOS FILMES. SELECIONAMOS ALGUNS. ASSISTIMOS MAIS DE 50. QUE BOM QUE TENHO MAIS DE 3.000 FILMES HA HA HA!

Continue lendo >>

sábado, 15 de maio de 2010

EXPOSIÇÃO DE ARTE TARANTINESCA



Alguns artistas pintaram o sete numa exposição que aconteceu em Los Angeles:

A ARTE PERDIDA DE BASTARDOS INGLÓRIOS
'The Lost Art of Inglorious Basterds'

Como diria Tarantino: " I Hope You Guys Enjoyed it."

Continue lendo >>

segunda-feira, 26 de abril de 2010

RIDLEY SCOTT | BLADE RUNNER

LÁGRIMAS NA CHUVA

Estava com saudade deste espaço cinéfilo. Mas estou de volta para blogar a mão na massa!


E sem maiores delongas vou direto ao assunto: BLADE RUNNER, O CAÇADOR DE ANDROIDES. Um dos maiores cult de todos os tempos!

Continue lendo >>